Translate

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Instestino- Um orgão chave para a saúde

No dia do Nutricionista, 31 de agosto, a farmácia Flora promoverá palestra para o público leigo.

Entenda, o que realmente significa saúde intestinal? Qual a sua importância na prevenção e tratamento da Obesidade, doenças cardiovasculares, Diabetes, Alergias, Doenças auto imune? Como promove-la através dos alimentos?

Conversaremos sobre saúde intestinal e entederemos, que saúde intestinal está relacionada com outros aspectos, além da frequência de evacuações. Ela está relacionada com a integridade da mucosa e esta integridade depende do tipo de microorganismos que habitam o nosso intestino, que por sua vez é dependente de tipo de alimentos consumidos, pois ao nos alimentarmos estamos não só nutrindo nossas células, mas também as  bactérias que habitam o nosso intestino. O que comenos pode estar favorecendo a o aumento das bactérias benefícas ou maléficas.
A integridade da mucosa intestinal é fundamental para a absorção adequada de nutrientes e não permitir a entradas de toxinas e macromoléculas, que podem desequilibrar o organismo.
Hoje já se relaciona o desequilíbrio desta microbiota intestinal (Disbiose) com maiores chances de desenvolvimento da resistência insulina e obesidade, por exemplo.


                                           É a Alquimia da Nutrição em ação!
                                           Tudo por uma vida com mais vida!





quinta-feira, 25 de julho de 2013

Alimentos Industrializados, quais os riscos de tanta praticidade?


               

O consumo de produtos industrializados representa uma solução na vida corrida do dia a dia, para milhares de pessoas . Porém esta solução aparentemente boa, que promove a economia de tempo, não poupa em nada a saúde para os que fazem o consumo frequente.

Para que estes alimentos durem mais, sejam bem práticos, agradáveis aos olhos e saborosos, os fabricantes utilizam uma imensa variedade de aditivos químicos, que precisam ser eliminados através da biotransformação no fígado e posteriormente pelos antioxidantes. Este processo demanda muitos nutrientes e compostos bioativos presentes nos alimentos não processados e frescos, principalmente nas frutas, hortaliças, leguminosas e cereais integrais.

O baixo consumo de nutrientes e compostos bioativos dos alimentos e o aumento no consumo de industrializados representa um processo de intoxicação e comprometimento das funções vitais e construção de doenças. Inclusive várias desta substâncias, chamadas de xenobióticos, tem afinidade com o tecido gorduroso, alojando-se neles e estimulando, ainda mais, o acúmulo de gordura.

Estas substâncias são: Corantes, acidulantes, conservantes, aromatizantes, estabilizantes etc...

O consumo desta substâncias podem causar várias reações adversas.

Quero chamar a atenção para alguns alimentos largamente consumidos:

Embutidos (Salsichas, calabresas, presuntos etc...) - os conservantes presentes são reconhecidamente carcinogênicos.
Dica: De preferência não coma carne, pois não precisamos dela para viver! Mas se comer dê preferência às frescas.

Salgadinhos, lasanhas, hambúrguer, temperos prontos (geralmente em pó e tabletes)- Contém Glutamato monossódico que é neurotóxico, desfavorece o senso de saciedade, fazendo a pessoa comer mais e mais.
Dica: Treine e sensibilize o seu paladar a sentir o sabor maravilhoso dos temperos naturais.

Sucos de caixa: São coados, ou seja, sem fibras; pasteurizado, ou seja, cozido e desvitalizado; é adicionado muito açúcar ou adoçante (toxina). Tanto o açúcar e os as adoçantes podem favorecer o processo de acúmulo de gordura corporal, além de possuir baixo valor nutricional.
Dica: Consuma frutas frescas e sucos não coados, pois estes promovem melhor estado nutricional e funcionamento intestinal.

Enlatados: Alumínio da lata migra para o conteúdo e contém muito sal.

Biscoito recheados, iogurtes, gelatinas....

Tem muitos mais coisas, mas hoje fico por aqui!

Enfim, coloque na balança e verifique as perdas e ganhos e faça as melhor escolha!

Creio que você mereça escolhas alimentares, mais nutritivas e menos intoxicantes, que sirvam de aliadas para cumprir as tarefas do dia a dia com mais disposição e construindo, a cada dia, mais saúde!

O ato de comer deve refletir o amor e respeito por nossas vidas!

Um abraço hiper nutritivo e purificador! rs...

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Batatas com páprica picante

Simples, delicioso e com as belas propriedades da páprica picante (Capsicum anuum)!

Ingredientes: Batatas orgânicas cortadas com casca
Cebolas em tiras
Azeite de oliva
Páprica picante
sal
Preparo:As batatas podem ser pré cozidas no vapor (terminar de cozinhar no passo seguinte) e posteriormente refogadas com as cebolas e um pouco do azeite de oliva e um pouquinho da páprica e sal.
Outra opção é finalizar ao forno.
Ao término do preparo adiciona-se mais páprica e azeite de oliva.
Para decorar pode colocar a páprica e azeite de oliva ao redor da preparação.

Obs: No lugar da batata pode ser a couve-flor ou abobrinha (são versões menos calóricas)

Adicionar a páprica após cozimento é importante para a manutenção de alguns princípios ativos que podem não resistir ao calor! O azeite de oliva cru é importante para manter a estrutura de seus ácidos graxos( gorduras), preservando sua qualidade.

A páprica confere calor ao organismo, sendo interessante para aquecer no inverno!
Além disso é estimulante, antioxidante (protege as células do ataque dos radicais livres), antissépica e digestiva.

Bom apetite e muito prazer em comer o que lhe faz bem!!!
Que o ato de comer reflita o amor e respeito pela vida!!!

Beijos de luz...

sexta-feira, 12 de julho de 2013

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Prato vegetariano

                        Olha que bela combinação vegetariana!
Colorido, nutritivo e delicioso!






O que temos aí?

  • Salada de alface, rúcula, tomate uva (como molho misturinha de tahine, Zattar, azeite de oliva, mostarda em grão e pouquinho de água) pode colocar limão, se quiser.
  • Arroz negro (cozido com cebola e sal)
  • Feijão branco com quiabo (cozido com cebola quiabo e sal)  
  •  Couve-flor refogado com azeite, alecrim e sal (o alecrim é adicionado no final, minutinhos antes de desligar o fogo) 
      Fiquei fã da couve-flor com alecrim! Divino!

Obs: O alecrim é contraindicado para hipertensos!
      Bom apetite!